EVENTOS

foto(4)





Sorteio no Talk Show

EVENTOS

foto(5)

 

Olha só os sorteios que preparamos para os ouvintes do nosso Talk Show:

(03) Consultas Projeto Saúde Padrão
(03) Sessões de drenagem linfática + Celutec
(03) Kits Quintal Alimentos Saudáveis
(03) Kits Sanavita
(03) Kits Dermage
(07) vouchers 1 semana de Fórmula  Academia

 

Venha aproveitar!





Abacate

COLUNISTA CONVIDADO, NUTRIÇÃO

foto 1(1)

 

Nossa colunista convidada da semana é a nutricionista Ana Paula Henrique. Confira o post!!

.   .   .

Muitos preconceitos ainda existem com relação ao abacate por ser um alimento calórico e gorduroso, porém essas calorias vão nutrir as células e auxiliar no emagrecimento. Um dos melhores alimentos que temos na natureza, por ser rico em vitamina E, é um potente oxidante, além de ter uma ótima fração de proteínas, carga glicêmica baixa, apresenta cálcio oléico, o mesmo óleo do azeite de oliva.  Possui ainda antioxidantes carotenóides, que tem a ação de proteção visual, e não carotenóides (vitaminas C, selênio, manganês) que possuem ação de rejuvenescimento da pele. Além de tudo isso a fruta ainda tem importantes minerais como: potássio, fósforo e ferro.  Gordura de ótima qualidade, o abacate ajuda a aumentar o HDL (colesterol bom) protegendo assim nossas artérias. Essa combinação é ótima para acabar com a ansiedade que surge por comer doces.

Já na musculação os benefícios incluem sua ajuda na hipertrofia muscular, pois a fruta fornece energia e possui proteínas. Além disso, evita a fadiga muscular porque combate os radicais livres que surgem devido ao exercício intenso e que provocam o envelhecimento celular e facilita o cansaço.

Para quem quer emagrecer, o abacate gera o aumento da saciedade, pois é rico em fibras que dão a sensação de estômago “cheio” e que, consequentemente, diminuem o apetite.
É uma fruta de baixo teor de frutose (açúcar da fruta). Quando consumido antes de dormir, a fruta intensifica a ação do GH, hormônio do crescimento, que tem o pico de produção à noite e que é responsável pela formação dos músculos e faz o organismo usar a gordura estocada como fonte de energia.

Formas de uso: abacate com gotinhas de limão, canela em pó, na forma de guacamole, com whey em formas de cremes, puro, do jeito que preferir!!
Que tal começar a ingeri-ló agora?





Vigorexia

NUTRIÇÃO, SAÚDE

foto 2

 

Fique de olho!!

A excessiva valorização da estética pela sociedade moderna tem feito suas vítimas tanto entre os homens quanto as mulheres. O excesso de vaidade pode levar a obsessões pelo corpo perfeito, causando uma distorção da autoimagem (a pessoa se olha no espelho e enxerga imperfeições que na verdade não existem) desencadeando patologias que à primeira vista são radicalmente opostas, mas quando melhor analisadas revelam ser, realmente, muito parecidas: a anorexia e a vigorexia.
Diante do espelho, anoréxicos esquálidos e desnutridos se enxergam obesos, e os vigoréxicos se vêem fracos, magros, franzinos, apesar de fortes e muito musculosos.
A Vigorexia ou Síndrome de Adonis é um transtorno dismórfico corporal caracterizado pela insatisfação constante com o corpo. A doença afeta principalmente os homens entre 18 e 35 anos. As pessoas com vigorexia desenvolvem uma dependência pelo exercício físico e pelo corpo musculoso, pois nunca se satisfazem com a condição em que se encontram.
Essa insatisfação constante com o próprio corpo, com a massa e força muscular fazem com que incorporem novos hábitos e comportamentos à sua rotina de vida. Vigoréxicos passam horas nas academias, sempre aumentando a carga dos exercícios. Paralelamente, introduzem alterações na dieta (constituída basicamente por proteínas) passam a consumir suplementos alimentares sem orientação e recorrem ao uso de esteróides anabolizantes.
A vigorexia pode gerar conseqüências danosas ao organismo. O excesso de atividade física acaba machucando as articulações e os músculos causando lesões musculares, estiramentos, lesões de ligamentos e, no grau mais preocupante, lesões de cartilagem. O indivíduo ainda pode apresentar insuficiência renal e hepática e, se houver uso abusivo de anabolizantes, assim como doenças cardiovasculares.
O tratamento da vigorexia é multidisciplinar, envolvendo psicólogo, psiquiatra, médico clínico (pediatra ou endocrinologista), nutricionista, educador físico, fisioterapeuta e terapeuta ocupacional cujo objetivo do tratamento é fazer com que a pessoa aceite seu corpo como ele é.





EVENTOS

foto 3(4)





Desvios posturais

FISIOTERAPIA DERMATOFUNCIONAL

foto 2(4)

Dando continuidade ao último post relacionado a postura, vamos entender o que significa os diversos desvios da nossa coluna vertebral…

  •   hipercifose: aumento anormal da curvatura dorsal (costas), dando um aspecto de “corcundez”
  • escoliose: aumento de uma curvatura (escoliose em “C”) ou mais (escoliose em “S”) no sentido lateral, perceptível em posição ventral ou dorsal
  • hiperlordose: aumento anormal da curvatura lombar, dando a falsa impressão q o bumbum está saliente.

Temos ainda a perda de alguma dessas curvaturas naturais da coluna, chamada de retificação.

Caso você perceba qualquer alteração postural, mesmo que você não sinta dor, procure um médico para fazer um exame e posteriormente um profissional da área, que irá trabalhar toda a coluna a fim de corrigí-la e evitar futuramente problemas maiores!





Saúde nunca sai de moda!

EVENTOS

foto 1(2)

 

Com muitas dicas de saúde e bem estar, a equipe Saúde Padrão vai participar do Fashion Show com um Talk Show incrível!! E você é nosso convidado para esse evento.

Até lá!





NOVIDADES POR AÍ

foto(3)

 

Você é profissional da área da saúde e gostaria de compartilhar uma informação com o público do Projeto Saúde Padrão?

Mande seu contato para a gente pelo email: contato@saudepadrao.com.br

Prezamos informação de qualidade por profissionais qualificados.
Faça a diferença na vida dos que desejam auxílio na conquista de melhores hábitos de vida!





Lipoenxertia

CIRURGIA PLÁSTICA

foto(2)

Dúvida comum entre os pacientes sobre a lipoenxertia:

“Doutora, mas a gordura enxertada não absorve depois de um tempo?!”

Então vamos esclarecer sobre alguns aspectos deste procedimento!

O que é?

Lipoenxertia é o termo utilizado para enxerto de tecido gorduroso, também conhecido como ‘lipofilling’.

Indicações:

Pode ser retirada com cânulas finas em pequeno quantidade para preenchimento de sulcos e recuperação do volume da face, depressões por celulite ou cicatrizes.
Maiores quantidades de tecido gorduroso podem ser aplicadas para aumento dos glúteos e melhora do contorno corporal (lipoescultura).
Indica-se também para correções de assimetrias das mamas ou puro aumento do volume destas, além de uso combinado ao implante de prótese de silicone.

Preparo da gordura:

Sabe-se hoje que o preparo do tecido gorduroso removido permite manutenção de grande parte do volume injetado.
O preparo pode ser realizado através de lavagem da mesma com soro fisiológico para remoção de restos celulares, sangue etc ou ainda através da centrifugação.
Segundo estudos científicos, o volume absorvido é de 70-80% do injetado, enquanto que a gordura não preparada, restam apenas 30-40%.

Vantagens:

Não leva a rejeição por seu um material autólogo (retirado do próprio paciente).

Recentemente descobriu-se que a gordura é um dos tecidos do corpo com maiores quantidades de célula tronco adulta (como a medula óssea), permitindo envio do material para manipulação celular em laboratório e guarda para uso futuro como tratamento de doenças e ainda, rejuvenescimento.

Você nunca imaginou que a gordura que o incomoda pudesse ter tanta aplicabilidade, não é?!





Low Carb

NUTRIÇÃO, SAÚDE

foto 4(1)

Atualmente ouvimos falar bastante nas “dietas de low carbohydrate” ou “dietas low carb”. Mas afinal, o que é?

O “low-carb” nada mais é do que um programa alimentar com restrição à ingestão dos carboidratos. Não há exatamente um consenso sobre sua definição, mas a maioria dos pesquisadores com experiência na área geralmente baseiam seus estudos sobre dietas que fornecem aproximadamente 20% (entre 30 e 100 g) de carboidratos por dia, acompanhado de uma quantidade moderada de proteínas (15% a 30% de calorias), com gorduras proporcionando o resto das necessidades energéticas diárias.

É baseada no princípio da ação do hormônio insulina, produzido no pâncreas. A insulina tem como função retirar a glicose do sangue para ser utilizada ou armazenada como combustível no organismo. O resultado da quebra do carboidrato no organismo é a glicose. Assim, reduzindo o seu consumo, o corpo liberará menos insulina e haverá a necessidade de utilizar outra fonte de energia, nesse caso, a gordura. E como consequência, a perda de peso.
Alguns estudos relatam que os programas alimentares com baixo teor de carboidratos, mostraram-se mais eficientes no processo de perda de peso quando comparados aos programas alimentares de baixo valor energético.
Mas não podemos esquecer que os carboidratos exercem inúmeras funções importantes no nosso organismo: fonte de energia, preservação das proteínas, combustível primordial para SNC (sistema nervoso central) dentre outras.

Claro que, se consumidos em excesso, podem impedir a perda de peso. Portanto, devemos estar atentos à quantidade e tipo de carboidratos consumidos ao invés de baní-los radicalmente da nossa alimentação.