NA MÍDIA

De acordo com a ISAPS, Brasil lidera ranking de cirurgias plásticas no mundo

NA MÍDIA

Unknown

 

International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS) divulgou um relatório com números sobre cirurgia plástica ao redor do mundo em 2013. Ao todo foram 23 milhões de cirurgias plásticas no ano passado. O Brasil ocupa posição de destaque no levantamento: o país foi o que mais realizou procedimentos cirúrgicos, ficando a frente dos EUA com 1.491.721 do total. O país da América do Norte, no entanto, ainda lidera quando o volume total de cirurgias plásticas – cirúrgicas e não cirúrgicas – são considerados.

As cirurgias mais realizadas no Brasil foram lipoaspiração e colocação de próteses mamárias. O país também é líder quando o assunto é rinoplastia e abdominoplastia. Entre os procedimentos estéticos o destaque é a aplicação da toxina botulínica. O volume é o segundo maior do mundo, com 308.185 procedimentos realizados.

Veja outras informações de destaques do relatório divulgado pela ISAPS:

- Mais de 23 milhões de cirurgias plásticas foram realizadas. Os cinco países que mais registraram procedimentos são os EUA, o Brasil, o México, a Alemanha e a Espanha.

- O procedimento mais popular do mundo é a aplicação de toxina botulínica.

- As mulheres representam 87,2% das pessoas que fizeram cirurgia plástica, num total de mais de 20 milhões. Na lista de mais populares estão: mamoplastia de aumento, lipoaspiração, blefaroplastia, lipoescultura e lifting de mama.

- Os homens representam 12,8% do total de pacientes de cirurgia plástica, num total de mais de três milhões. Os procedimentos mais procurados foram: rinoplastia, ginecomastia, blefaroplastia, lipoaspiração e otoplastia (cirurgia de orelhas).

- Do total, 11.599.336 foram procedimentos cirúrgicos. Os mais populares foram:

1- Mamoplastia de aumento;
2- Lipoaspiração;
3- Blefaroplastia (cirurgia da pálpebra);
4- Lipoescultura;
5- Rinoplastia (cirurgia de nariz).

- Os procedimentos não cirúrgicos somaram 11.874.973 do total. Os mais populares foram:

1- Aplicação de toxína botulínica;
2- Preenchimento cutâneo;
3- Remoção de pelos a laser;
4- Rejuvenescimento facial não invasivo;
5- Peeling químico, resurfacing com CO2, dermoabrasão.

Fonte: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plastica

www.cirurgiaplastica.org.br