SAÚDE

Vigorexia

NUTRIÇÃO, SAÚDE

foto 2

 

Fique de olho!!

A excessiva valorização da estética pela sociedade moderna tem feito suas vítimas tanto entre os homens quanto as mulheres. O excesso de vaidade pode levar a obsessões pelo corpo perfeito, causando uma distorção da autoimagem (a pessoa se olha no espelho e enxerga imperfeições que na verdade não existem) desencadeando patologias que à primeira vista são radicalmente opostas, mas quando melhor analisadas revelam ser, realmente, muito parecidas: a anorexia e a vigorexia.
Diante do espelho, anoréxicos esquálidos e desnutridos se enxergam obesos, e os vigoréxicos se vêem fracos, magros, franzinos, apesar de fortes e muito musculosos.
A Vigorexia ou Síndrome de Adonis é um transtorno dismórfico corporal caracterizado pela insatisfação constante com o corpo. A doença afeta principalmente os homens entre 18 e 35 anos. As pessoas com vigorexia desenvolvem uma dependência pelo exercício físico e pelo corpo musculoso, pois nunca se satisfazem com a condição em que se encontram.
Essa insatisfação constante com o próprio corpo, com a massa e força muscular fazem com que incorporem novos hábitos e comportamentos à sua rotina de vida. Vigoréxicos passam horas nas academias, sempre aumentando a carga dos exercícios. Paralelamente, introduzem alterações na dieta (constituída basicamente por proteínas) passam a consumir suplementos alimentares sem orientação e recorrem ao uso de esteróides anabolizantes.
A vigorexia pode gerar conseqüências danosas ao organismo. O excesso de atividade física acaba machucando as articulações e os músculos causando lesões musculares, estiramentos, lesões de ligamentos e, no grau mais preocupante, lesões de cartilagem. O indivíduo ainda pode apresentar insuficiência renal e hepática e, se houver uso abusivo de anabolizantes, assim como doenças cardiovasculares.
O tratamento da vigorexia é multidisciplinar, envolvendo psicólogo, psiquiatra, médico clínico (pediatra ou endocrinologista), nutricionista, educador físico, fisioterapeuta e terapeuta ocupacional cujo objetivo do tratamento é fazer com que a pessoa aceite seu corpo como ele é.





Low Carb

NUTRIÇÃO, SAÚDE

foto 4(1)

Atualmente ouvimos falar bastante nas “dietas de low carbohydrate” ou “dietas low carb”. Mas afinal, o que é?

O “low-carb” nada mais é do que um programa alimentar com restrição à ingestão dos carboidratos. Não há exatamente um consenso sobre sua definição, mas a maioria dos pesquisadores com experiência na área geralmente baseiam seus estudos sobre dietas que fornecem aproximadamente 20% (entre 30 e 100 g) de carboidratos por dia, acompanhado de uma quantidade moderada de proteínas (15% a 30% de calorias), com gorduras proporcionando o resto das necessidades energéticas diárias.

É baseada no princípio da ação do hormônio insulina, produzido no pâncreas. A insulina tem como função retirar a glicose do sangue para ser utilizada ou armazenada como combustível no organismo. O resultado da quebra do carboidrato no organismo é a glicose. Assim, reduzindo o seu consumo, o corpo liberará menos insulina e haverá a necessidade de utilizar outra fonte de energia, nesse caso, a gordura. E como consequência, a perda de peso.
Alguns estudos relatam que os programas alimentares com baixo teor de carboidratos, mostraram-se mais eficientes no processo de perda de peso quando comparados aos programas alimentares de baixo valor energético.
Mas não podemos esquecer que os carboidratos exercem inúmeras funções importantes no nosso organismo: fonte de energia, preservação das proteínas, combustível primordial para SNC (sistema nervoso central) dentre outras.

Claro que, se consumidos em excesso, podem impedir a perda de peso. Portanto, devemos estar atentos à quantidade e tipo de carboidratos consumidos ao invés de baní-los radicalmente da nossa alimentação.





A gordura visceral

CIRURGIA PLÁSTICA, SAÚDE

foto 4

Não é incomum recebermos pacientes solicitando tratamento desse tipo de “barriga” através da cirurgia plástica.

Ocorre que além de acúmulo de gordura no tecido subcutâneo, há notável aumento da gordura visceral.

A gordura visceral encontra-se dentro da cavidade abdominal, entre os órgãos. Além de não ser possível removê-la através da lipoaspiração, como fazemos com a gordura subcutânea, seu excesso está comprovadamente relacionado ao aumento de risco cardiovascular.

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), a circunferência abdominal revela-se ainda bom preditor de risco para doenças metabólicas, principalmente hipertensão arterial sistêmica.

Veja as medidas:

  • Homens: > 94 cm
  • Mulheres: > 80 cm

A circunferência abdominal a ser considerada é o maior perímetro abdominal entre a última costela e a crista ilíaca.

E voltando à Cirurgia Plástica… Não posso deixar de falar por aqui!! Pacientes submetidos a lipoaspiração que não modificam hábitos e voltam a engordar, apresentam uma tendência ao aumento da gordura visceral.

E então, qual a sua medida?!
Cuide da sua saúde!





Massagem modeladora X Drenagem linfática

FISIOTERAPIA DERMATOFUNCIONAL, SAÚDE

foto 3(2)

 

Muitas pessoas costumam achar que essas duas técnicas de massagem são a mesma coisa. E há muita diferença entre elas !!!

A modeladora também chamada de redutora, engloba manobras mais bruscas,  rápidas e muitas vezes até dolorosas dependendo do grau da celulite. É errado aparecer hematomas após uma sessão da mesma, pois o objetivo é aumentar a circulação sanguínea no local e não “espancar” a cliente… Esse aumento da circulação, promove melhora da oxigenação, melhorando assim o aspecto da celulite. Porém, em graus mais avançados, não surtirá tanto efeito, sendo necessário aparelhos estéticos que atuem nos tecidos mais profundos da pele. Pode-se usar em conjunto o bambu, ventosas, etc.

Já a Drenagem linfática, consiste na abertura dos gânglios linfáticos e em manobras leves, rítmicas, superficiais e sempre num único sentido, tendo como objetivo diminuir a retenção de líquido, edemas (tanto gestacionais quanto de pós operatório) e tratamento de celulite grau 1 (aquela que só aparece quando apertamos a pele).

Procure um profissional qualificado para saber qual a mais indicada para você, pois mesmo uma simples massoterapia pode a
às vezes não surtir o efeito esperado caso o profissional não saiba o que está fazendo.





Esteatose hepática

NUTRIÇÃO, SAÚDE

unnamed

 VOCÊ SABE O QUE É ESTEATOSE HEPÁTICA?

Esteatose hepática é um distúrbio caracterizado pelo acúmulo de gordura nas células do fígado.

Quanto mais prolongado e maior acúmulo de gordura , maiores  são os riscos de uma lesão hepática (fibrose avançada, cirrose e até mesmo hepatocarcinoma). Atualmente cerca de 20% da população brasileira em geral é portadora da doença.

As principais causas da doença são: abuso de álcool, sobrepeso ou obesidade, diabetes, hepatites virais, hipertrigliceridemia e  hipercolesterolemia.

Ela pode ser diagnosticada através de exames de sangue ou de imagem como ultrassonografia, tomografia ou ressonância magnética além logicamente de um bom exame clínico realizado pelo médico.

Seu tratamento é baseado no estilo de vida saudável, alimentação equilibrada, prática regular de exercícios físicos e medicação quando necessária.

Por isso, uma alimentação pobre em gorduras, frituras, açúcares simples e ao mesmo tempo rica em frutas e verduras (vitaminas e minerais) e fibras, previne não somente o ganho de peso como ajuda a controlar os níveis de colesterol e triglicerídeos evitando assim maiores complicações para sua saúde posteriormente.







Eliminando o excesso

FISIOTERAPIA DERMATOFUNCIONAL, SAÚDE

unnamed-1

 

Com os exageros de fim de ano, agora e hora de correr atras do prejuízo, não e mesmo? Com ele vem o inchaço, aumento de peso, acumulo de toxinas no corpo, flacidez e ate desidratação… Portanto, de volta `a rotina e comece já a cuidar de eliminar tudo isso!

Indicamos diversos tratamentos estéticos que irai ajudar você a voltar ou entrar em forma num piscar de olhos!!!

Venha fazer uma avaliação gratuita individualizada e sinta a diferença. Cuide-se!





Auto Liberação Miofascial

ATIVIDADE FÍSICA, SAÚDE

unnamed-1

 

A Auto Liberação Miofascial (ALM) tem como principal objetivo soltar alguns pontos de tensão existentes na musculatura.

Esses pontos de tensão dificultam uma boa conexão entre os momentos de contração e relaxamento, além de limitarem a amplitude dos movimentos com consequente comprometimento do trabalho de modo geral.

Pratique!







Receita de rabanada light

NUTRIÇÃO, SAÚDE

unnamed-4

A dica da nutricionista dessa semana é uma receita de Rabanada Light!

Ingredientes:

  • 1 pão francês
  • 4 xícaras de leite desnatado
  • canelas em pau
  • cravo a gosto
  • 2 ovos
  • 2 claras
  • 4 colheres de sopa de mel
  • 4 colheres de sopa de açúcar mascavo peneirado
  • 2 colheres de chá de canela

Modo de preparo:

  1. Aquecer o leite em uma panela por uns 10 minutos em fogo baixo, com a canela e o cravo
  2. Retirar do fogo. Misturar bem o mel e deixar esfriar por uns 30 minutos
  3. Cortar o pão em fatias de aproximadamente 2 cm
  4. Colocar os ovos e as claras em um recipiente, misturar com ajuda de um garfo e reservar
  5. Com o pão já cortado, mergulhá-lo no leite um a um, deixando hidratar bem. Apertar levemente para retirar o excesso de leite
  6. Passar cada fatia nos ovos e colocá-las em um tabuleiro levemente untado com margarina
  7. Assar as rabanadas no forno pré-aquecido a 190°, por 5 minutos
  8. Virar e deixar assar o outro lado por mais cinco minutos ou até dourar
  9. Retirar do forno e passar cada rabanada na mistura de canela e açúcar mascavo.

Rendimento: 10 porções.
Valor calórico por porção: 79 Kcal

Dicas:
Quanto mais tempo o leite ficar descansando com as especiarias e o mel, mais saborosas as rabanadas ficarão.
O forno precisa estar bem quente para que as rabanadas não ressequem.