Lipoenxertia

CIRURGIA PLÁSTICA

foto(2)

Dúvida comum entre os pacientes sobre a lipoenxertia:

“Doutora, mas a gordura enxertada não absorve depois de um tempo?!”

Então vamos esclarecer sobre alguns aspectos deste procedimento!

O que é?

Lipoenxertia é o termo utilizado para enxerto de tecido gorduroso, também conhecido como ‘lipofilling’.

Indicações:

Pode ser retirada com cânulas finas em pequeno quantidade para preenchimento de sulcos e recuperação do volume da face, depressões por celulite ou cicatrizes.
Maiores quantidades de tecido gorduroso podem ser aplicadas para aumento dos glúteos e melhora do contorno corporal (lipoescultura).
Indica-se também para correções de assimetrias das mamas ou puro aumento do volume destas, além de uso combinado ao implante de prótese de silicone.

Preparo da gordura:

Sabe-se hoje que o preparo do tecido gorduroso removido permite manutenção de grande parte do volume injetado.
O preparo pode ser realizado através de lavagem da mesma com soro fisiológico para remoção de restos celulares, sangue etc ou ainda através da centrifugação.
Segundo estudos científicos, o volume absorvido é de 70-80% do injetado, enquanto que a gordura não preparada, restam apenas 30-40%.

Vantagens:

Não leva a rejeição por seu um material autólogo (retirado do próprio paciente).

Recentemente descobriu-se que a gordura é um dos tecidos do corpo com maiores quantidades de célula tronco adulta (como a medula óssea), permitindo envio do material para manipulação celular em laboratório e guarda para uso futuro como tratamento de doenças e ainda, rejuvenescimento.

Você nunca imaginou que a gordura que o incomoda pudesse ter tanta aplicabilidade, não é?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *