Manta térmica: NÃO derrete gordura!!!

FISIOTERAPIA DERMATOFUNCIONAL, SAÚDE

unnamed

 

A manta térmica funciona através de calor superficial. Superficial!!
São consideradas modalidades de calor superficial as que se limitam a região cutânea, alcançando a profundidade de 1 a 3 cm tendo como resposta aquecimento local.
O objetivo é  atingir 40 a 45 ºC. A temperatura do corpo considerada normal é 37º Celsius, ideal para manter o corpo em equilíbrio. A cada 1 grau de aumento desta, nosso metabolismo aumenta em 13%.
Os efeitos fisiológicos da termoterapia por condução incluem:

  1. vasodilatação
  2. relaxamento muscular
  3. redução da rigidez articular
  4. melhora do metabolismo e da circulação local
  5. aumento da extensibilidade dos tecidos moles

O paciente deve ficar de 15 a 30 minutos na manta e, com isso, segundo os fabricantes, o aumento da temperatura é apenas local. Além disso o calor não faz derreter gordura, calor faz a pessoa desidratar, perder liquido e pode acelerar o metabolismo, mas até aí eliminar a gordura o caminho é beeeeeeem longo.

A transpiração aumentada durante a sessão de manta pode conduzir à desidratação, devido a sudorese excessiva em alguns casos. Não quer dizer que deixar a paciente por 20 ou 30 minutos numa manta pode desidratá-la a ponto de causar danos, isso varia de acordo com o estado de cada um. O que recomendamos é manter a hidratação em pessoas submetidas a manta térmica.

Não há pesquisas científicas que afirmem ou não a ação da manta térmica no metabolismo do tecido adiposo. O que sabemos, mediante conhecimento da fisiologia, é que isso não ocorre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *