Sutura e cuidados de ferida

CIRURGIA PLÁSTICA

foto 4

Preparamos para você um post sobre sutura e cuidado de feridas. Por Thais Padrao

Lesões cortantes são freqüentes e muitas vezes exigem avaliação médica para avaliação da profundidade da lesão e limpeza adequada do ferimento.

A medida inicial consiste na lavagem da ferida de forma abundante com soro fosiológico a 0,9% (feridas contaminadas na maioria dos casos) seguida de limpeza com solução degermante, como clorexidina ou povidine (informe caso tenha alergia a iodo).

Dependendo dos achados após anamnese (história do trauma) e exame físico, pode ser solicitado exame radiológico complementar.

Quando a ferida também tem um componente contuso (trauma associado ao corte como os causados por vidro) costumam causar lesões irregulares com possível muito necessidade de sutura para restabelecimento da integridade dos tecidos, culminando com a confecção de retalho ou enxerto de pele.

Diversas técnicas de sutura existem, cada qual com sua indicação e tipo de fio.

Veja os critério envolvidos:

  • tipo de lesão;
  • planos de profundidade acometidos: pele, tecido subcutâneo, muscular, ósseo;
  • estruturas acometidas: músculo, vasos, nervos;
  • tensão da ferida;
  • perda de substância na ferida;
  • entre outros.

O curativo e orientação adequada reduzem as chances de infecção e complicações.

Contate seu cirurgião plástico para avaliação do caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *